Results 1 to 5 of 5

Thread: Fortaleza (CE) / Estadio Castelão - Copa 2014

  1. #1
    paolapoa's Avatar
    Golden Member

    Status
    Offline
    Join Date
    Mar 2008
    Location
    Porto Alegre, Brasil
    Posts
    11,606
    Liked
    27 times
    Rep Power
    18

    Default Fortaleza (CE) / Estadio Castelão - Copa 2014

    Estadio Castelão - Copa 2014


    Capacidade - 50 mil pessoas
    Investimento - 400 milhões
    Estacionamento - 4200 carros





    Last edited by paolapoa; 5th August 2009 at 21:27.

  2.   
     
  3. #2
    paolapoa's Avatar
    Golden Member

    Status
    Offline
    Join Date
    Mar 2008
    Location
    Porto Alegre, Brasil
    Posts
    11,606
    Liked
    27 times
    Rep Power
    18

    Default

    Brasil 2014.org
    31/07/09

    Audiência sobre reforma do Castelão acontece dia 6 de agosto


    A Secretaria do Esporte do Estado do Ceará (Sesporte) marcou para o próximo dia 6 de agosto a primeira audiência pública para debate da proposta de Parceria Público Privada (PPP) para a reforma e adequação do Estádio Castelão (Estádio Governador Plácido Castelo) às exigências da Fifa e às obras de preparação da capital Fortaleza para a Copa 2014.

    A audiência acontece na Assembléia Legislativa do Ceará, a partir das 14h30. Entre as obras previstas, além das do Castelão, estão ainda a construção, operação e manutenção do edifício-sede da Secretaria do Esporte do Estado e do edifício de estacionamento de veículos, conforme orientações da Fifa.

    Os interessados em participar da Audiência Pública podem preencher formulário de inscrição disponível no site da Sesporte: Formulário de Inscrição — SESPORTE - Secretaria do Esporte. O texto-base do edital está disponível no link da Sesporte

    Plano de investimentos
    Há cerca de dois meses, o governo cearense apresentou ao empresariado, reunido na Federação das Indústrias do Estado do Ceará, o plano de investimentos “Programação Sistêmica de Investimentos para Suporte à Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 no ambiente metropolitano – Fortaleza e Entorno”, que foi depois entregue aos ministérios das Cidades, Casa Civil e Esportes. Segundo o secretário do Esporte, Ferruccio Feitosa, "a Copa do Mundo é uma oportunidade de fazer um grande investimento, antecipando para cinco anos o que estaria, talvez, previsto para execução em 30 anos", declarou.

    O plano prioriza ações nas seguintes áreas: estádios, meio ambiente/saneamento básico, transportes/mobilidade urbana, segurança, saúde, energia/telecomunicações e turismo, e envolve recursos da ordem de R$ 9,4 bilhões. As áreas de transporte e trânsito são as que mais demandam investimentos. São aproximadamente R$ 6 bilhões, dos quais já estão garantidos 52% (R$ 3,03 bilhões) pelas esferas federal, estadual e municipal.

  4. #3
    paolapoa's Avatar
    Golden Member

    Status
    Offline
    Join Date
    Mar 2008
    Location
    Porto Alegre, Brasil
    Posts
    11,606
    Liked
    27 times
    Rep Power
    18

    Default

    Copa 2014.org
    17/09/09

    Castelão, agora com energia eólica

    Estádio de Fortaleza pretende ser vetor de revitalização urbanística


    Um projeto simples, sem a extravagância dos estádios europeus, mas que seja o vetor de uma revitalização urbanística do bairro do Passaré, em Fortaleza. É esta a proposta do arquiteto uruguaio Héctor Vigliecca para a reforma do Castelão, estádio que representará a capital cearense na Copa de 2014. A novidade, agora oficial, é que o novo estádio será alimentado por duas turbinas de geração de energia eólica.

    Ao lado de Luciene Quel, o uruguaio comanda o escritório Vigliecca & Associados, um devorador de concursos de arquitetura, com 47 premiações nacionais e internacionais. A especialização em arenas esportivas veio exatamente assim, com um primeiro lugar para a modernização do complexo esportivo do Ibirapuera, há quatro anos. “Desde essa época estamos nos preparando. Isso significou um exercício extraordinário de conhecimento,de velocidade”, afirma Vigliecca.

    O aprendizado e a prospecção de mercados deram frutos em Fortaleza, com a missão de modernizar o Estádio Governador Plácido Aderaldo Castelo, o Castelão. É um estádio da década 1970, mas o governo do Ceará, seu proprietário, descartou a possibilidade de demolição. Praticamente dois terços da estrutura atual será mantida, e setores como hospitalidade, áreas técnicas e estacionamentos serão acrescidos.

    Entorno do estádio
    Baseado na simplicidade formal, o projeto do novo Castelão, orçado em R$ 400 milhões, dispensou a extravagância dos estádios europeus mais famosos. A aposta é compensar a falta de atrativos visuais com o impulso ao desenvolvimento urbanístico do bairro do Passaré.

    Para isso, o governo estadual pretende construir um edifício de 200 mil m2 que comportará um shopping center, um estacionamento subterrâneo com duas mil vagas, além de um centro olímpico. A área esportiva terá um ginásio multiuso para 12 mil pessoas, piscina olímpica e para saltos, além de pista de atletismo. O Castelão também sofrerá adaptações para que possa receber shows, eventos e outras modalidades esportivas.

    É com a construção deste edifício – que depende da iniciativa privada – que o governo cearense pretende garantir a viabilidade econômica da sua arena da Copa. “Nós pensamos um estádio como um complexo esportivo-comercial que seja uma centralidade no bairro. Ele nunca será um elefante branco”, aposta Vigliecca.

    Adaptações e cobertura
    As ambições para a Copa do Mundo também são grandes. O estádio passará dos atuais 58 mil assentos para pouco mais de 60 mil. Com isso, teria capacidade suficiente para abrigar uma das semifinais e a final do campeonato. Cerca de 80% das arquibancadas superiores serão mantidas, mas o projeto prevê a construção de novos anéis inferiores, de maneira a aproximar os torcedores do gramado, com a eliminação do fosso.

    No anel superior, o setor que será demolido responde a necessidades específicas para a adequação do estádio às exigências da Fifa: camarotes, tribuna de honra, áreas de imprensa e de circulação no subsolo, todas com alta complexidade, para a recepção das equipes e autoridades. O único item que permanece indefinido é a cobertura, mas os estudos prevêem a construção de uma estrutura metálica fixa que cubra todos os assentos do estádio.

    Energia eólica

    Segundo Vigliecca, o projeto responderá integralmente às solicitações da Fifa no documento “Green Goal”, principalmente quanto aos sistemas de redução do consumo de energia, reúso das águas pluviais, e à aplicação de materiais de baixo impacto ambiental. Conforme solicitação pessoal do governador Cid Gomes, o estádio também terá duas torres de geração de energia eólica.

  5. #4
    paolapoa's Avatar
    Golden Member

    Status
    Offline
    Join Date
    Mar 2008
    Location
    Porto Alegre, Brasil
    Posts
    11,606
    Liked
    27 times
    Rep Power
    18

    Default

    Copa 2014.org
    02/10/09

    Edital do Castelão sai em outubro

    Ceará tenta viabilizar PPP para as obras de R$ 400 milhões do estádio

    Está quase tudo pronto para que o lançamento do edital para a reforma do estádio Castelão, local dos jogos da Copa 2014 em Fortaleza. Segundo a secretaria de Esporte, as questões jurídicas já foram resolvidas, a audiência pública já foi realizada e todos os prazos foram cumpridos. A última etapa, a publicação do edital, ocorre neste mês de outubro, com data ainda a ser definida.

    O plano de investimentos de Fortaleza, apresentado no dia 3 de junho, prevê a implantação de um edifício garagem nas proximidades do estádio, com ampliação da área de estacionamento para 4.200 vagas. A modernização do Castelão, que custará cerca de R$ 397 milhões, prevê a ampliação da estrutura do estádio e visa adequá-lo às exigências da Fifa.

    Vale destacar que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ofereceu empréstimo para cobrir até 75% do valor das obras do Castelão. O comitê da Copa de Fortaleza está a proposta do banco, mas o foco é tocar as obras através de uma Parceria Público-Privada, segundo o secretário estadual de Esportes, Ferruccio Feitosa.

    A comitiva cearense fará em breve uma visita à Alemanha, palco do Mundial de 2006, e também à África, que sediará a Copa de 2010. “Conhecer as obras que estão sendo realizadas na África do Sul e o que foi tido como exemplo na Alemanha nos ajudará a desenvolver um projeto cada vez mais estruturado”, disse Feitosa.

  6. #5
    paolapoa's Avatar
    Golden Member

    Status
    Offline
    Join Date
    Mar 2008
    Location
    Porto Alegre, Brasil
    Posts
    11,606
    Liked
    27 times
    Rep Power
    18

    Default

    Copa 2014.org
    10.12.09

    Cid Gomes recebe projeto do Castelão para 2014

    Projeto da Vigliecca Arquitetos foi entregue pelo consórcio Somague - Cristian Nielsen - Fujita

    O governador do Ceará, Cid Gomes, e o secretário do Esporte do Estado, Ferruccio Feitosa, receberam na última quarta-feira (9/12) o projeto para a modernização do estádio Castelão e de seu entorno para a Copa de 2014. A informação é da TV "Verdes Mares", de Fortaleza.

    O consórcio - formado pelas empresas Somague (Portugal), Cristian Nielsen (Rio de Janeiro) e Fujita (Ceará) - entregou a documentação, com cerca de 2 mil páginas e mais de 400 pranchas com desenhos e dados sobre as obras, desenvolvidas pela Vigliecca Arquitetos, de São Paulo. "Trata-se, ainda de um projeto básico, mas já permite que as autoridades iniciem a licitação. Ainda há alguns detalhes em estudo, especialmente na cobertura", avalia o arquiteto Ronald Werner Fiedler, do escritório Vigliecca.

    Outra notícia é que ainda em dezembro será lançado o edital de licitação da Parceria Público Privada (PPP), aberto a construtoras de todo o país. O governo do Ceará anunciou também que as obras do novo estádio devem para começar em março de 2010. O estado deve optar por um modelo misto: PPP mais empréstimo do BNDES de R$ 400 milhões. "Claro que ainda queremos a PPP. Estamos pensando - juntamente com a Procuradoria Geral do Estado e a Secretaria da Fazenda, o modelo mais econômico para pegarmos o empréstimo do BNDES e, através dele, pagarmos as contrapartidas da PPP envolvendo o estádio Castelão", afirmou Ferruccio Feitosa.

Tags for this Thread

Bookmarks

Posting Permissions

  • You may not post new threads
  • You may not post replies
  • You may not post attachments
  • You may not edit your posts
  •  
SkyScraperLife.Com © 2006-2013

World Building Database

Download: Fast, Fun, Awesome - Web Stats